Feeds:
Posts
Comentários

Os meninos da VDO estão de volta ao nosso estado.  A saudade foi tão grande, como diria a música deles ” Eu só queria tomar um vento na cara, me deu saudades da Bahia” eles não resistiram e vão fazer uma mini turnê pelo nosso estado.  O primeiro show da turnê é amanhã (quinta-feira, 12), dai eles não param, e tem show até domingo. Confira todos os show na imagem a baixo:

Vivendo do Ócio de volta a Bahia

Divulgaê a banda é boa, e o blog também. HAHAHA! Até a próxima, botequeiros.

Sr. Botequeiros e Srª Botequeiras. Esse, provavelmente, seja o último post do blog Seu Boteco.  O Blog nasceu na data de 22 de Abril de 2012, e coincidentemente esse é o vigésimo segundo post. Durante esse longo períodos de 03 meses foram vários comentários, várias críticas e elogios. Contei com imenso apoio de amigos e colegas indicando assuntos para o blog, revisando textos, ajudando em layout da página, pesquisando sobre bandas comigo, bom tenho muito a agradecer, não cito nomes porque terminarei esquecendo alguém e sofrei retaliações depois. Hahaha!

Creio que ninguém mais aproveitou esse blog do que eu mesmo, o tanto de bandas baianas que eu conheci profundamente, comparar uma notícia com a outra, e estar exercitando o foco da disciplina, que é a escrita. E a preguiça de postar algo quando estava sem criatividade?  A demora do entrevistado para responder a entrevista. Como não ser mais um blog falando de rock baiano? Foram várias dúvidas, erros, dificuldades, e claro, acertos.

Eu chego, neste último post, me perguntando: o que me faz continuar com o blog? Não sei, mas ele vai continuar sim! Talvez acabe no próximo mês ou dure mais três anos e eu fique rico com ele. Ok, eu sei que isso não vai acontecer. Mas a vontade de continuar é muito maior do que a de parar, E isso me faz continuar…

A banda Radiola lança, neste sábado, o sucessor do bem sucedido Gelo Liso é Paraíso Pra Quem Sabe Dançar, o evento acontece no Teatro Solar Boa Vista, a partir das 20h. O evento é gratuito, esse é o terceiro CD da banda, que, atualmente, é liderada por Fábio Dias e Nancy Viégas.

O novo trabalho do grupo contou com o apoio do edital da FUNCEB /Secult, e tem produção de Nancy e Tadeu Mascarenhas, saindo pelo selo Plataforma de Lançamento, nos formatos: digital (para download gratuito pelo site da banda), em CD e vinil. O disco ainda conta com as participações de Letieres Leite, Chocolate da Bahia, Cicinho de Assis e Alumínio do grupo Samba Chula de São Braz.

O projeto de concepção do disco quis fundir a cultura digital com processos analógicos. Foram usados gravadores de rolo, fita k7 com 04 canais e até mesmo gravação em um canal. A arte da capa e o encarte foi assinada pela própria Nancy, com fotografias de Caroline Bittencourt. A fotógrafa fez um ensaio especial para o projeto.

Fábio – vocalista da banda – falou sobre o CD “Esse disco é o que determina, na prática, a entrada de Nancy na banda, que mistura esses dois artistas. As composições continuam com a referência nas nossas raízes rítmicas e culturais, mas acredito serem mais sofisticadas, ao mesmo tempo em que experimentais também. Tem uma veia bastante tropicalista, vanguardista, cheia de pequenos detalhes. Sai um pouco daquele esquema funk, mas tem músicas bem dançantes também. E claro, agora existem dois vocalistas, o que já muda muita coisa também.”

Lançamento do CD ‘ArRede – Tempo Sem Nome’  da banda Radiola

Atrações: Radiola e convidados

Local: Brotas

Data: 07 de julho de 2012, às 20h

Entrada gratuita

Olha, até o Sr. Boteco vai. E você, tá esperando?

Fonte: migre.me/9L3xV

Passei o 2 julho – dia da independência da Bahia – procurando uma música que pudesse homenagear todo o estado. Depois de muita luta, achei uma, deixa ela falar por si só.

“Mãe do Rio, irmã da Louisiana,
Fortaleza lusitana, erguida aqui a mando do rei
No seu brilho, primeiro ela chama
Depois vibra, empena, engana, brindando os seus filhos da vez…
“Hoje eu não vou chorar!”

Onde uma frota inteira fez cabana
Velha ordem de bacana estampa sorriso no jornal
Vida nova, iberoafricana
Menos sacra, mais sacana, rica, fusa e Carnaval
“This city burns on fire!”

Ela é a “Disney tropical dos bardos”,
“Sítio Louco Além do Carmo”, “Vila Velha do Costa Azul”
Ela é loira, galega, é infame
Musa que, por mais que eu ame, tenta me cegar com tua luz

Onde bate o coração dos santos,
Pretos, vindos de outros cantos: “Carne fresca pro Seu Freguês!”
Ela finge andar como se manda,
Mas basta tocar a banda: joia! Ela se entrega de vez!

Outros olhos se inflamam e se espantam loucos
“This city burns on fire!”
Outros gritos que estouram e ecoam roucos
“Hoje, eu não vou chorar…”

Dois Leões, te encontro na Calçada!
Rio Vermelho é madrugada, na saída somos ciganos
São tantas colinas, tantos anos,
Tantas casas, tantos planos, tantos donos, tantos danos

Já foi gorda na segunda-feira,
Como um dia, na Ribeira, onde a vaca magra foi pastar
Em seus muros, mil nomes estranhos,
Pedem só mais quatro anos, vida boa de se abastar

Outros olhos se inflamam e se espantam loucos
“This city burns on fire!”
Outros gritos que estouram ecoam roucos
“Hoje, eu não vou chorar”

Eu queria que a visse só, de um jeito mais confesso
E sem truques de altar
Noiva de um raio de sol, te olhando aí disperso, bem onde você está
Com as coisas dela
Que são coisas bem mais velhas que os segredos de um Xá
Estamos nela, aonde ela não vai…”

A música é Soteropolitana  – do novo CD do Cascadura – e tem até um som alá timbalada no final, quer ouvir?

Até a próxima botequeiros.

Relendo os post do blog percebi que apenas uma vez houve postagem em que a banda citada era liderada por uma mulher, tal conclusão me levou a pesquisar onde se encontra o sexo feminino no cenário alternativo de Salvador, não somente como vocalistas, mais integrantes de qualquer grupo que esteja ativo na cena.

O primeiro grupo, liderado por uma mulher, que me vem à cabeça é a banda Sertanília, formada em 2010. Eles fazem uma música essencialmente brasileira, com influência do sertão. Nos vocais Aiace comanda o conjunto que já se apresentou até em Portugal, possuem um EP com 06 faixas e estão na finalização do primeiro álbum, deve pintar algo deles por aqui em breve.

Lunata, a segunda banda que vamos falar, é descrita pelos seus próprios integrantes como a lua, cheia de fases. Em momentos transbordando intensidade, ora minguante e singela, suas canções falam do cotidiano, de coisas banais. A banda traz o carisma da Ju Moreira nos vocais, dando um tom singelo ao grupo que mistura gêneros do rock, com jazz, pop e samba. Uma lua cheia de influências.

Neologia que faz jus ao nome, tenta trazer algo de “novo” para o atual cenário. Lívia Ferreira – atual vocalista – passou a fazer parte da banda em março de 2010. Com seus timbres únicos e voz potente, foi um casamento quase que natural com o grupo. A Neologia tem influências de Caetano Veloso, Milton Nascimento, Djavan, Chico Buarque entre outro, já lançou dois ep’s que estão disponíveis na myspace da banda.

Autoreverso é uma mistura de ritmos e estilos, tentando equalizar tudo isso, a vocalista Lali Souza surgi como ponto forte da banda, que tem a atual formação desde 2010. A banda que conta com ex-integrantes da Elipê e Canto dos Malditos na Terra do Nunca, surgiu inicialmente em 2007. Eles dizem que o seu som vai além do rock, tem soul funk, dance, indie, além de levadas de samba.

Cinnamon é uma banda formada por ex-integrantes das bandas Aguarraz e Ladrões de Bicicleta, em busca de um som meio folk. Os vocais ficam por Roberta Simões, que fez muito sucesso na Aguarraz, a experiência e afinidade dos integrantes fizeram com que rapidamente fosse lançado um trabalho do grupo, disponível para download no site da banda.

Destaque ainda para as bandas Dois em Um e Incrédula com suas participantes Fernanda Monteiro e Fê, respectivamente. Porém não posso terminar esse post sem fazer uma grande menção honrosa a Nancyta – rainha do rock baiano – A Paulista, irradiada na Bahia, fez história no rock baiano, sendo produtora, cantora, compositora. Trabalhou com grupos como Retrofoguetes, Radiola, sem citar sua vitoriosa carreira solo, fatos que lhe rendem o status atual.

Posso ter deixado alguma cantora de fora, mas estão são as mais atuantes no cenário alternativo de Salvador. As mulheres ainda são minoria na cena, porém a cada dia seu espaço vem aumentando, não apenas como vocalista. Ex: a extinta banda Chá de Abú tinha como baterista uma mulher. O Rock merece o charme e a qualidade que só as moças possuem.

 Botequeiros tem muita coisa boa ai, então vamos acompanhar as damas do rock? Até a próxima!

Faustão falando sozinho – Domingo de cabeça pra baixo, esse é nome da festa que vai animar o domingo de muita gente, o evento conta com as atrações: Irmão Carlos e o CatadoFalsos Modernos e a Banda Velotroz, que lançou seu mais novo há poucas semanas.

A festa acontece no Espaço Cultural Dona Neuza – que fica na Boca do Rio, a partir das 16 hrs, lembrando: a entrada é gratuita. Já que o evento será realizado no primeiro dia do mês(domingo), que tal uma música de uma das atrações, que fala exatamente  do domingão?

Convido todos os botequeiros e botequeiras a irem para o eventos!

Gostou? Compartilhaê, até a próxima…

Toca Raul

Caso fosse vivo, Raul Seixas faria, na última quinta-feira, 67 anos. O pai do rock brasileiro ainda é grande influência para centenas pelo Brasil afora.  O Raul, Raulzito ou Maluco Beleza não poderia deixar de ser lembrado pelo blog, a homenagem foi feita pela banda Vivendo do Ócio, o grupo fez uma versão para ‘A Verdade Sobre a Nostalgia‘, composta por Raul em 1975, em parceria com Paulo Coelho.

A versão dos meninos da VDO foi gravada em 2010, mas por motivos nunca revelados só foi lançado na última quinta-feira, dia 28/06.  A Faixa foi divulgada na página da banda no Facebook. A arte de divulgação foi feita por Jajá Cardoso, vocalista da Vivendo do Ócio.

Escute a versão da música feita pela Vivendo do Ócio

Créditos Jajá Cardoso

Gostou? Compartilha ai, e seja um botequeiro! Até a próxima…